Seguros.inf.br

INDICADORES

Mercado cresceu 22,6% até abril de 2010

Indicadores

15/03/2011

O crescimento acelerado na comercialização de seguros voltados para as camadas mais pobres da população já se reflete no desempenho do mercado. As coberturas voltadas para a proteção do patrimônio de pessoas que subiram um degrau na escala social estão entre os destaques do setor no primeiro quadrimestre, quando as seguradoras faturaram R$ 27,5 bilhões, com crescimento de 22,6% em relação ao ano passado, sem contar o seguro saúde (que está sob a jurisdição da Agência Nacional de Saúde Suplementar - ANS).

Segundo dados da Susep, de janeiro a abril, o seguro prestamista (que garante o pagamento de prestações de bens adquiridos pelo segurado, em caso de morte e invalidez ou até perda de emprego) gerou receita da ordem de R$ 1,05 bilhão, com crescimento de 29% em relação aos quatro primeiros meses de 2009, bem acima da média do mercado.

Nos seguros de vida e de acidentes pessoais, a receita apurada até abril também foi expressiva, ficando próxima a R$ 3,8 bilhões, embora o percentual de crescimento não tenha sido tão elevado, chegando a “apenas” 13,8%.

Além da venda dos seguros populares, outro fator que favorece o mercado é a maior conscientização da sociedade sobre a importância do seguro. E o aumento do poder de compra da classe média, que adquire novos bens tais como carros, celulares modernos e residências, também tem reflexo no comportamento global do mercado.

Tanto assim que o seguro compreensivo residencial (que engloba várias coberturas em uma única apólice) deu um salto de 20,1% entre os dois períodos comparados, acumulando receita de R$ 378,4 milhões no primeiro quadrimestre deste ano.

Já a carteira de automóveis (incluindo coberturas de roubo, incêndio, colisão, acidentes com os passageiros e responsabilidade civil facultativa) gerou um volume de prêmios de mais de R$ 6 bilhões de janeiro a abril, com incremento de 16,6% em comparação aos quatro primeiros meses do ano passado.

Fonte: Seguros dia-a-dia




« Voltar

Ver todos

Seguros.inf.br © 2011 - 2017 - Sacla Comunicação Ltda - Todos os direitos reservados.