Seguros.inf.br

Mercado

Lotéricas se preparam para vender seguros

16/01/2020

A Caixa quer usar os 26 mil pontos de vendas fixos, incluindo 13,1 mil lotéricas, 8,7 mil correspondentes bancários e 4,2 mil agências para intensificar a comercialização de seguros, principalmente microsseguros e apólices voltadas para pessoas de baixa renda. O anúncio foi feito pelo presidente da instituição, Pedro Guimarães, ao participar do programa “Canal Livre” da Band. “Antes de assumirmos, as lotéricas não vendiam nem cartão de crédito nem seguro. Vamos mudar isso”, assegurou.

Ele lembrou que aproximadamente 102,5 milhões de pessoas – “a metade da população brasileira” – passam pelos pontos fixos da Caixa e que é preciso aproveitar esse potencial. “Recentemente, 500 mil brasileiros procuraram a Caixa para receber menos de R$ 10,00 do FGTS, nas agências ou lotéricas. Esse é o público da Caixa, especialmente formado pelos mais humildes. É o banco de todos”, frisou.

O presidente da Caixa disse ainda que o processo de abertura do capital da Caixa Seguridade será iniciado em poucos meses. “Será a primeira, porque está muito bem preparada. Tínhamos uma parceria com uma empresa francesa para comercializar 11 ramos de seguros. Isso é impossível. Então, agora, já anunciamos novas operações, as primeiras com a Tokio Marine, e anunciaremos outras em breve. Hoje, não temos operações de seguros relevantes nem nas lotéricas nem nos correspondentes bancários. Mas, isso vai mudar”, asseverou.

Guimarães anunciou também que irá à Índia em breve para negociar com um banco local – “que é ainda maior que a Caixa” – o compartilhamento de tecnologia voltada para o uso do celular na venda de seguros e na redução de custos nesse processo. “Não somos concorrentes, então eles não terão problema em compartilhar essa tecnologia conosco”, assinalou.

Fonte: CQCS




<< Voltar

Ver todas

Seguros.inf.br © 2011 - 2020 - Sacla Comunicação Ltda - Todos os direitos reservados.