Seguros.inf.br

Notícias

Seguro viagem: como funcionam as coberturas durante pandemia

produto

20/03/2020

Com o número de casos do novo coronavírus (Covid-19) crescendo no Brasil, a recomendação é evitar ao máximo sair de casa.

Se você precisa fazer uma viagem de emergência durante os próximos dias deve estar se questionando se há necessidade ou não de contratar um seguro.

Antes de mais nada é preciso entender como funcionam as coberturas oferecidas pelas empresas e o que muda com a declaração de pandemia feita pela OMS (Organização Mundial de Saúde).

Nas últimas semanas as principais seguradoras que atuam no Brasil divulgaram comunicados oficiais, mas é preciso ficar atento às entrelinhas. O Voopter, plataforma que compara preços de passagens aéreas, fez um levantamento, buscou informações com as seguradoras e garante: tão importante quanto ler as informações, é entender o que elas significam.

Portanto, não vamos aqui replicar cada um deles, mas esclarecer pontos essenciais que vão merecer sua atenção.

Quer um exemplo? Grande parte desses textos diz que “Em caso de diagnóstico positivo para Covid-19, as empresas seguirão os protocolos estabelecidos pelas autoridades locais de saúde, conforme orientações da OMS”. O que isso significa? Que você estará segurado até a confirmação da doença, após esse período os cuidados passam para os governos locais.

Como são muitas as dúvidas que envolvem o tema, O Voopter resolveu responder questões importantes relacionadas ao assunto:

Diante da pandemia, devo contratar um seguro viagem?

Sim. Independente da situação atual, os seguros cobrem inúmeros imprevistos de doenças, acidentes, extravios de bagagem e repatriações, por exemplo.

Qual o custo médio de um seguro na comparação com o total de uma viagem?

Hoje equivale a menos de 5% do custo total da viagem.

Se eu tiver sintomas de uma gripe serei atendido no exterior com cobertura do seguro?

Sim. Todas as empresas consultadas pelo Voopter confirmaram que os atendimentos para os passageiros em viagem seguem normalmente, incluindo sintomas de gripes e resfriados.

Caso comece a me sentir mal durante a viagem, como proceder?

Você deve entrar em contato imediatamente com a Central de Atendimento da empresa escolhida e informar sua situação.

Com a confirmação de diagnóstico para Coronavírus, estarei coberto pelo seguro viagem?

Não necessariamente. A maioria das empresas cobre as despesas até o diagnóstico do Covid-19. Após a confirmação, as seguradoras se isentam dessa responsabilidade. Por isso, aqui vai a nossa dica mais importante. Não se deixe levar pelos comunicados oficiais, antes de contratar o seguro faça a seguinte pergunta de forma direta para seu agente de viagem ou corretor: estarei coberto se for diagnosticado com coronavírus? Só então contrate o plano que melhor lhe atender. Caso tenha alguma dúvida, procure esclarecer antes de fechar o contrato.

Como funcionam casos de cancelamento ou interrupção de viagem por coronavírus?

Mais uma vez não há uma regra oficial para todas as empresas. É preciso ficar atento porque a maioria não oferece cobertura tanto para motivo de diagnóstico de coronavírus no Brasil quanto para receio do vírus ou cancelamento de evento em decorrência do vírus.

Qual o órgão regulador do seguro viagem no Brasil?

O seguro viagem deve ser comercializado por seguradora, legalmente habilitada, regulada e supervisionada pela Superintendência de Seguros Privado (SUSEP).

Além de comparar preços de passagens aéreas, o Voopter também tem muito conteúdo sobre viagem e nesses últimos dias está focando em assuntos relacionados ao Coronavírus.

Fonte: Catraca Livre




<< Voltar

Ver todas

Seguros.inf.br © 2011 - 2020 - Sacla Comunicação Ltda - Todos os direitos reservados.